sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Tudo tem seu tempo.

Aqui na emissora tudo está beeem parado. Não tivemos gravação hoje e no marketing meu único trabalho é divulgar a campanha para ajudar o pessoal de SC. ( Aproveitando, quem puder ajudar com roupas, alimentos, água potável, favor entrar em contato comigo, vocês sabem como! Rs!).
Estou aqui na minha sala ouvindo uma rádio doida que encontrei na rede, um mix de djs populares da dance music (como Bob Sinclar) e Madonna, Michael Jackson, enfim, a síndrome das pernas inquietas toma conta de mim. Sim, estou no clima, mas porque não estaria?! É FIM DE SEMANA!
Óh tão esperado FIM DE SEMANA! Acho que um dia sentirei falta desse ritmo de vida... Como hoje sinto falta da época em que minha única preocupação era fazer direitinho a tarefa da escolinha e chegar em casa a tempo de assistir o desenho animado...
Hoje sou uma criança grande que dorme até tarde, trabalha no que lhe dá prazer, cursa a faculdade que sonhou, e tem amigas maravilhosas com quem passa a semana planejando onde vamos causar no FIM DE SEMANA.
Será que existe vida após isso?
Temos a péssima mania de planejar as coisas, muitas das minhas amigas esperam o fim de semana chegar, gastam horrores com roupas, bijoterias, lingeries e saem de casa apenas pra encontrar o homem ideal, se sentem vazias se não encontram um namorado, depois que encontram querem fazer planos, casar, ter filhos... Argh!
Vamos viver minha gente!!! Já disse Mário Quintana "No final das contas, você vai achar não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você!"
Enquanto isso não acontece... Cuide de você, do seu jardim... Pra que colocar a carroça na frente dos bois?
Claro, também sonho com essas coisas de casar, ter filhos, bla bla bla, mas vocês já refletiram sobre a frase "Tudo tem seu tempo"?
Esse tempo que vivemos hoje não voltará jamais. Não pense que você se divertirá tanto assim quando tiver seu marido do seu lado na balada (isso se ele quiser ir até uma... ), ou que poderá tomar várias com as amigas por aí sendo que tem que se preocupar com a mensalidade da escola do seu filho, a prestação da sua casa, o salário da faxineira...
Argh!
Também não digo que não vá se divertir, mas será outro tipo de diversão, entende?
Quando essa fase bater a minha porta será sim, muito bem recebida! Mas quero recebe-la com a consciência limpa, a consciência de alguém que viveu intensamente todas as fases anteriores. Quero viver TUDO intensamente. Até a última gota. Correr o risco. Me atirar. E sentir o coração bater forte. Sair pela boca. Me engolir. Ter aquela sensação de não estar cabendo no próprio corpo (mais alguém aqui já sentiu isso?).
Envelhecer tem seu preço. Você fica muito mais exigente.
Se quiser se apaixonar hoje, apaixone-se por sí próprio... Quer se casar? Case-se com você mesmo... Pelo menos agora.
Ando nessa fase de lua-de-mel comigo mesma. Curtindo minha própria companhia. Pintando as paredes do coração. Jogando fora os lençóis velhos. Dando pros outros os relacionamentos antigos que eu não quero mais. Me reciclando. Amadurecendo. Tecendo meu casulo novo pra criar asas e virar borboleta. Passando por um processo de transformação pra crescer. E o melhor disso tudo é: Esse é o tipo de casamento que dura pra sempre.

.*. BEM VINDO MAIS UM FIM DE SEMANA!!! .*.

2 comentários:

Aline Gabriel disse...

E que venha o FDS Ludy!!!!
A melhor coisa que tem é viver o presente...Se preocupar com o futuro??? Já faço isso de 2ª á 4ª....O fds é MARA!!!!bjinhuzz querida!!!

erika disse...

Oi Ludy
Amei o que vc escreveu , comigo foi assim não precisei corre atras , curti até qdo pude e apareceu , hoje sou ¨casada¨ e como um homem maravilhoso.
Nós curtimos as mesmas : viajar , sair , fica de bobeira etc...
bjs
saudades
Erika