segunda-feira, 22 de março de 2010

Aos amigos, com carinho.

Vou zerar tudo, preciso disso. Tenho quase certeza de que vou me arrepender muito de ter deixado tudo pra trás assim, mas não vejo outra saída se não zerar o contador.
Estou contrariando TODOS os conselhos recebidos, e queria pedir perdão, deixo claro que não os contrario porque sou teimosa, mas é porque sou egoísta mesmo, não quero nada mais agora além de cuidar de mim.
Este texto não tem pretensão literária, é apenas uma cartinha de despedida simples e meio jogada, uma ruptura breve e necessária entre nós. Eu só queria dizer, antes de colocar os portas-retratos na mala, antes do frio gostoso na barriga, que eu continuo a mesma, ainda que completamente diferente.
Eu continuo deixando tudo pra última hora, chorona demais e mal-humorada além da conta. Eu continuo com medo de tudo e de todos ainda que isso, por alguma razão louca, me faça amar ainda mais tudo e todos.
Mas eu também descobri coisas deliciosas a meu respeito como, por exemplo, que eu assusto todo mundo com o minha sinceridade, sendo assim, uma pessoa superficial e de mentira jamais agüentaria ficar perto de mim, quer coisa melhor que isso? Afasto as sombras ainda que muitas vezes me sobre a solidão, afinal, são poucas as pessoas realmente vivas.
Eu ainda choro do nada porque viver é um drama, mas sabe o que eu descobri? Que essa vida dramática é muito engraçada. Eu descobri que a melhor coisa do mundo, na ausência da família, são os amigos e por isso queria dizer: eu amo vocês pra cacete.
Quero também pedir palmas pra mim, por minha coragem de tentar e por todas as vezes em que me sacrifiquei e me fiz forte diante os desafios, mesmo estando em pedaços. Percebi que querer conquistar o mundo é ridículo, na maioria das vezes você já tinha tudo o que precisava para ser realmente feliz, só precisa perder (ou quase perder) para valorizar.
As coisas mais simples é que são realmente grandes e importantes, o resto é futilidade.
Hoje eu acordei nervosa e irritada por ter que tomar decisões, aí parei e pensei: chega de se boicotar minha filha, tá na hora de você ser muito feliz.
"A vida só se dá para quem se deu."
Me lembrei de uma menininha que vi uma vez no farol, que esperou a mãe virar de costas para dizer: "Tia, não quero dinheiro não, me dá uma boneca?". Faço das suas as minhas palavras, eu não quero dinheiro não, não quero esse luxo todo, não quero estar rodeada de pessoas importantes e vazias, quero ser feliz, posso?
Quero fazer o caminho "trabalho-casa-academia" em 15 minutos e depois ainda fazer uma ligação "Vó, faz aquele suco que eu tô passando aí, já já!"
Meu peito está cheio de curiosidade, saudade e alegria. É possível sim amar a vida, ainda que qualquer amor tenha seus dias de crise. E eu só queria deixar todos vocês, enquanto eu não volto, com um pedaço de mim. Pode pegar sem cerimônia, alma quanto mais a gente dá, mais a gente tem.
Muito obrigada por todos os e-mails maravilhosos que eu recebo todos os dias, por todas as palavras de incentivo e carinho. Por todos os recadinhos no orkut, no twitter. Vocês fazem valer a pena todo o sacrifício, muitas vezes solitário, de ser uma pessoa sem medo de sentir de verdade a vida de dentro e a de fora.

2 comentários:

Karina Costa e Karina Germano disse...

Que carregue dentro do seu coração, um pedacinho de mim também! Saiba que é querida e muitíssimo amada por mim! Agora vá, volte para o seu lar, reconstrua o emocional e cuide do seu coração. Abrace sua mãe todas as manhãs e agradeça a Deus pela felicidade a cada dia. Lembre-se que aqui ainda fica metade sua e se voltar, meu abraço ainda vai estar aberto! Beijos com muito carinho e saudade.
Karina Germano

Cinthia Ribeiro disse...

Você sabe que sempre pode contar comigo em qualquer momento da sua vida! Já deixei claro para você que a única coisa que me interessa é a sua felicidade. Sua decisão foi bem pensada, eu sei pois fui testemunha disso! Deus abençoe essa nova caminhada e não esqueça nunca: você é maior que tudo isso que tá te acontecendo, vai superar e ser muito, muito feliz! Ah e não esqueça também: EU AMO VOCÊ!!!